Lotação: 6 leitores em pé e 4 sentados


22.10.10

Vale a pena ler de novo

Como vocês 10, meus fiéis leitores, puderam notar, há um certo tempo não escrevo aqui. Não sei ao certo o porquê, talvez o twitter tenha facilitado um pouco as coisas, deixando meu lado preguiçoso tomar conta do campinho. Há 20 dias minha mulher me fez uma grata surpresa: sorrateiramente colocou um texto meu, talvez o melhor deles, na nossa celebração de casamento. Resolvi então republicar uma seleção dos que acho melhores, começando por este:

3.12.05

Dia Lindo, Céu Azul

No sol, 12h19 de hoje, 28 graus, aos 57 minutos de corrida, eu ia em direção a um bebedouro no parque. Três guriazinhas se divertiam em uma pequena fila pra tomar água, sob os olhos de uma senhora que acompanhava e vigiava o trio bagunceiro. Diminuí o passo e entrei no último lugar da fila, um pouco ofegante e coberto de suor. Nesse momento, a última menininha da fila, que tinha Síndrome de Down, vira pra mim sorrindo e diz: "Pode passar titio, o senhor tá mais cansado!". Passei e bebi, segurando o choro. Me abaixei, dei um beijo nela, agradeci e segui o meu trajeto. Nada contra o Dr. John Langdon Down, mas o nome dessa doença deveria ser Síndrome de Up...


:)

7 comentários:

Kelen disse...

Bom. Se a pessoa aqui derramou uma lágrima com este post, quando tu publicar aquele que foi lido no casamento, o teclado vai pifar de vez.

Daniel disse...

o do casamento vai ser o último, pra encerrar com chave de ouro.

Débora disse...

Considerando o que tu disse sobre o texto da celebração, e o que a Kelen disse sobre outro texto da mesma celebração, concluo que... nada como escrever sobre as mulheres mais importantes da tua vida. Elas realmente conseguem ressaltar o que tem de melhor em ti!

:)

Marcos Gazzana disse...

Opa, o cara renasceu das cinzas! Keep the posts coming!

Márcio disse...

Casamento? Que casamento??...djhcfebdjhfgedfgj
Vai beijar a menina todo suado, baita relaxado

Madureira disse...

Siddartha vortou!

Daniel disse...

:D


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons