Lotação: 6 leitores em pé e 4 sentados


22.11.10

Cadê o guri?

publicado em 07/07/05

Pra quem não sabe, o Pampas Safari é um zoológico aqui perto, onde os bichos ficam soltos. Em São Paulo tinha o Simba Safari, variação sobre o mesmo tema. Eis que um guri pentelho chamado Daniel, eu, então com uns 10 anos, tanto encheu o saco que foi levado por seus pais para passear no tal Pampas Safari. O pai adorando a idéia e a mãe preocupada. Chegando lá, o cara da entrada nos cobra e faz as recomendações: "Mantenham a velocidade tal, não desçam do carro, mantenham as janelas 95% fechadas, não buzinem deliberadamente, bla bla bla...". E lá se vai o Fiatzinho 147 azul marinho, parque adentro. O pai se vangloriando da idéia e a mãe tensa. Não há feras no parque, somente uma bicharada mais light como camelos, lhamas, búfalos, cisnes, capivaras, flamingos, macacos e cervos. Totalmente sem graça para uma fera como Danielzinho. O pai curtindo a idéia e a mãe já relaxada com a constatação. E vai, anda por aqui, passa por ali, uma cuspida de camelo aqui, uma babada de lhama ali e o guri já querendo saber o que tinha pra comer. Nada aprovisionado no carro, falha na organização. A mãe sugere uma parada estratégica na "área de lazer" e uma visita a lanchonete. Pronto, libertaram a fera do carro. Bem alimentada e pronta para reconhecer o terreno, despista os captores e some. Agora consenso, pai e mãe preocupados. Andam de um lado para o outro atrás do filhote. Nada. Depois de uns 20 min procurando, pessoas começam a se aglomerar perto da caixa d'água que havia no local. 20m, uma minúscula escada, daquelas verticais, em forma de H, com difícil acesso aos primeiros degraus que ficavam MUITO altos. Meu pai, curioso, foi ver a bagunça e perguntou o que tava acontecendo. Alguém larga um "Tem uma criança lá em cima"... A essa altura já deu pra notar que era eu lá em cima, completamente cagado. Um por não conseguir coragem pra descer. Dois, pela cara dos meus progenitores lá embaixo. O pai tentando acalmar a mãe já desesperada. Tava alto, mas eu enxergava! Incrível como o medo nos dá olhos-de-lince. Nessa hora me senti famoso, tinha umas 50 pessoas na platéia. O pai subindo a escada e a mãe não sabendo se chora ou prepara a sova. Tudo acabou bem, desci com meu pai me protegendo enquanto tentava explicar como subi. Não me lembro se apanhei, acho que não. Mas também não me lembro de voltar no Pampas Safari...

=]

6 comentários:

Mindú disse...

hahahaha muito boa. No simba safari tinha leões!

Débora disse...

Tenho até medo do que me espera.

Marcos Gazzana disse...

Te puxou no "aprovisionado" !! A Fiotinha azul marinho tb é do fundo do baú.

Daniel disse...

nunca fui no tal Simba, Mindu, mas certamente teria sido um remix daquela passagem bíblica Daniel na Cova dos Leões. melhor assim.

é tudo ficção nessas histórias, Meu Bem. eu sempre tive um comportamento EXEMPLAR.

Marquinhos, esse vocabulário é fruto das muitas palavras cruzadas que já fiz na vida. :]

Mônica disse...

Vim aqui para contribuir com o sitemeter, conforme apelo lá no blog do Morango e também porque estou com saudades disso aqui.bjs

Daniel disse...

gracias Mônica!


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons